• R. Paraíba, 492 - S Cristóvão, Lages, SC
  • (49) 3223-1840

Blog

  1. Início
  2. Blog
image description

Com 2020 chegando ao fim, é tempo de avaliar os resultados do ano e definir os objetivos do próximo. E, na hora de realizar o planejamento anual, é preciso ter a contabilidade como aliada, para garantir o crescimento saudável da sua empresa e manter-se dentro da legalidade.

O Planejamento Contábil contempla informações como receitas, despesas, obrigações tributárias e qualquer operação que impacte o caixa. Além de ajudar a reduzir os gastos fiscais, ele também permite tomar decisões com foco nos objetivos de negócio. Com uma análise de períodos anteriores e previsão de ganhos e custos futuros, fica mais simples entender como aplicar o capital sem correr riscos, mantendo a empresa competitiva e lucrativa.

Tenha em mãos relatórios do desempenho de todas as áreas da empresa para entender melhor como os recursos estão sendo utilizados. É a partir dessa análise que vai ser possível fazer uma projeção de crescimento para o próximo ano e, a partir daí, estabelecer metas e o orçamento. Também é importante avaliar se, com o crescimento esperado, sua empresa não vai ultrapassar os limites do regime tributário.

O planejamento é o momento certo para você colocar no papel tudo o que já tem previsão que vá receber ou gastar: folha de pagamento de funcionários, fornecedores e mensalidade clientes são alguns exemplos de gastos e receitas que você pode prever. Organizando as datas e fazendo um controle minucioso durante o ano, evita-se a contração de novos débitos e o pagamento de multas por atraso.

Assim como o item anterior, é importante já se programar para o pagamento de impostos. Organize essas datas de uma só vez, ainda no momento de planejamento, para não ser pego de surpresa. Também é importante deixá-las disponíveis para toda sua equipe, ampliando a transparência. Lembre-se que o atraso de tributos, principalmente se forem recorrentes, pode gerar problemas legais para a empresa e seus sócios.

E falando de planejamento contábil, há um tipo de monitoramento que não pode ficar de lado: o controle contábil. O responsável pela contabilidade da sua empresa deve avaliar frequentemente as entradas, saídas, custos e saldos operacionais para, então, diminuir o saldo final do inicial e saber como foi o desempenho financeiro durante o período.

Acesse nosso site, fique por dentro das notícias do mundo contábil.